212 720 140 | 939 430 940 infor@cparoquial-covapiedade.pt

Jornada “Uma casa para todos”
Principais conclusões

 

4

ABRIL, 2019

Instituição
Comunidade

A nova aposta do Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro é uma “Casa com lugar para todos”! 

Foi com este mote que a Vice Presidente da nossa Instituição deu as boas vindas a mais de uma centena de pessoas que quiseram estar presentes na Jornada “Casa com lugar para todos – Onde a deficiência VIVE” realizada a 14 de março no Fórum Municipal Romeu Correia, espaço gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Almada.

 

Entidades estatais falam da necessidade de aumento de respostas

Nas mesas de abertura e encerramento desta jornada estiveram presentes os representantes das Entidades estatais com relevo nesta área, tanto a nível nacional como local.

Apesar das diferentes áreas de intervenção de cada um deles, o mote de discurso foi uno… A deficiência é um tema que, apesar de ser cada vez mais debatido em praça pública e a nível de legislação, precisa ainda que as Entidades no terreno se movimentem para que a verdadeira inclusão social da pessoa com deficiência seja uma realidade. Melhorar acessibilidades, potenciar a formação e integração no mercado de trabalho à medida de cada um, foram assuntos abordados, assim como a necessidade de criar respostas sociais e melhorar as condições dos cuidadores.

O foco na necessidade do “trabalho de terreno”

Paula Campos Pinto e Luís Rodrigues, falaram-nos um pouco sobre a realidade nacional, e da premência dos atores sociais no terreno serem mais inclusivos. Não basta legislar, há que atuar!

Vitor Ochoa Maia e Vitor Castanheira mostraram que o caminho para a capacitação da pessoa com deficiência passa por um sistema de educação inclusivo e da aceitação, por parte do mercado de trabalho, dos contributos e das mais valias de cada pessoa mediante as suas capacidades. 

A nível da saúde, Mário Durval brindou-nos com uma retorica centrada na saúde e não na doença e de nos abstermos do foco no “problema da desigualdade”!

Quando se fala em saúde não devemos deixar de ter em conta o bem-estar emocional, para o qual a dimensão religiosa é fator preponderante… Teresa Marinho e Isabel Vale abordaram este tema, mostrando que a capacidade da sociedade civil e da Igreja em criar condições de total integração para a pessoa com deficiência, é fundamental, mas tem ainda um caminho a percorrer. 

No que concerne os cuidadores, apresentações como a de Luísa Beltrão e João Dias levaram à reflexão de que é necessário reconhecer as necessidades de cada família e dos cuidadores principais da pessoa com deficiência, de forma a criar condições para reduzir a sua “carga”. São também estes agentes que se veem diretamente a braços com o desafio diário e que têm estimulado o Estado a progredir nesta matéria, segundo João Dias. Capacitar e fortalecer os cuidadores são conceitos a trabalhar na nossa sociedade.

Ao último painel, precedeu a apresentação da “Orquestra Maior” projeto sénior, que nesta atuação contou com a presença de algumas crianças. 

Já numa vertente mais personalizada, as preleções de Vanda Pinheiro e Ana Teresa Costa, mostraram o caminho da Instituição com utentes com deficiência. Carina Castro falou do percurso realizado desde o despiste e diagnóstico numa criança, até à intervenção direta; Tomás Rey, jovem do 8º ano de escolaridade falou dos seus projetos e sonhos futuros e Carla Lopes mostrou as possibilidades de uma vida independente e emprego estável na pessoa com deficiência. 

Por fim, a reportagem de Luís Abreu que nos deixou, em tom de finalização, alertas e temas a serem pensados numa vertente mais prática… Dificuldades no dia a dia de uma pessoa com deficiência tanto a nível relacional como social.

“O segredo de um caminho eficaz”

No fundo, as várias apresentações direcionaram-se para a necessidade de trabalho conjunto entre Entidades, preconizado na mesa de encerramento pelas palavras do Padre José Pinheiro, Presidente da Instituição que afirmou “O segredo de um caminho eficaz, eficiente sustentável é sempre um caminho de comunidade, pois não nos podemos fechar aos pares e parceiros. É sempre caminho de comunhão de relação e de rede”.

Deseja receber as nossas notícias ainda antes de serem publicadas?

Subscreva a nossa Newsletter.

A Instituição

O Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro é uma IPSS de matriz católica. Nasceu há mais de 40 anos no seio da comunidade paroquial da Cova da Piedade, com o objectivo de responder às necessidades sociais existentes.

Newsletter

Siga-nos

Newsletter

Gostava de acompanhar as notícias, eventos ou saber mais sobre a Instituição?
Subscreva a nossa Newsletter e receba no seu email todas as novidades.

Subscrição aceite, bem-vindo!

Newsletter

Gostava de acompanhar as notícias, eventos ou saber mais sobre a Instituição?
Subscreva a nossa Newsletter e receba no seu email todas as novidades.

Subscrição aceite, bem-vindo!

Share This